quinta-feira, 12 de julho de 2012

Dnit publica edital para obras do Rodoanel Metropolitano de Belo Horizonte

10/07/2012 - CNT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) lançou o edital de licitação do projeto executivo para a construção da Alça Sul do Rodoanel Metropolitano de Belo Horizonte. As propostas devem ser enviadas até o dia 9 de agosto e o custo estimado da obra é de R$ 10,4 milhões. A empreiteira ou consórcio vencedor tem o prazo de 630 dias para concluir o estudo do trecho de aproximadamente 35 quilômetros orçado em R$ 500 milhões.

De acordo com o presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), senador Clésio Andrade, as obras de reformulação e modernização do Anel Rodoviário de BH são essenciais para melhorar o trânsito na capital mineira. "São obras de extrema importância para diminuir o fluxo de caminhões pesados, melhorar a mobilidade urbana e diminuir a poluição, além de reduzir o número de acidentes graves”, diz o parlamentar.

O impulso para as obras partiu de uma visita da presidente Dilma Rousseff a Belo Horizonte, realizada em junho. Ela anunciou que, por meio de uma parceria entre os entes federativos, o traçado das obras do Rodoanel seriam divididos em três alças que vão contornar a capital e passar por dez municípios - a sul é de responsabilidade do Dnit, a norte cabe ao governo do estado e a leste à prefeitura.

A licitação da Alça Sul delimita o traçado entre as BRs 381 (BH-SP), 262 (Betim-Triângulo Mineiro), 040 (BH-RJ) e 356 (BH-Ouro Preto), uma das mais importantes e movimentadas do complexo viário. O Dnit subdividiu o projeto em dois segmentos - o primeiro é entre as BRs 381 e 262, em Betim, até um acesso a ser criado na cidade de Ibirité, e o segundo começa neste trecho até a BR-040, próximo a Nova Lima. 

Rosalvo Streit
Agência CNT de Notícias
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário